Tailândia: um Paraíso Oriental

Tailândia: um Paraíso Oriental

Tailândia, um destino exótico que ocasiona diversas opiniões. A região é repleta de belezas naturais e templos que são os seus principais chamativos.

Uma parada obrigatória para os visitantes é a excêntrica capital da Tailândia, Bangkok, um dos lugares mais diversificados do mundo. Seus templos budistas impressionam por sua grandeza e a cidade oferece um leque de opções para todos os públicos. Como o mercado flutuante e o Wat Pho:

Mercado flutuante

Um dos destaques da capital é o famoso mercado flutuante, além de fazer compras variadas você também poderá admirar como os vendedores montam e desmontam habilmente as suas tendas imediatamente antes da passagem do trem. É um costume que se repete ao longo dos tempos e que tem vindo a ser aperfeiçoada pelos vendedores, na técnica de montagem e desmontagem.

Wat Pho

Wat Pho é o maior templo de Bangkok. É famoso pelo seu gigantesco Buda reclinado que mede 46 metros de comprimento e está coberto de ouro. O complexo do templo abriga a maior coleção de imagens de Buda na Tailândia, com toda certeza é um dos templos mais importantes de Bangkok e não pode ficar fora do seu roteiro.

Não podemos deixar passar uma das principais características turísticas da Tailândia, as Ilhas Phi Phi:

As Ilhas Phi Phi formam um arquipélago entre a Ilha de Phuket e o continente. Hoje elas são, certamente, as ilhas mais famosas da Tailândia, encantando a todos com suas belezas naturais e festas inesquecíveis.

São as renomadas ilhas estampadas em todos os cartões postais da Tailândia e em tudo o que a faz referência, com seus barquinhos coloridos sobre as águas azuis turquesa. Também é onde está inserida a praia Maya Bay, a mais famosa da Tailândia, conhecida a princípio pelo filme “A praia” com Leonardo DiCaprio.

Já Phuket recebe aproximadamente 3 milhões de visitantes por ano. Eleita como uma das melhores praias do mundo, com suas águas cristalinas atraem turistas de todos os gostos. Há mais de 15 praias relativamente próximas, como Patong Beach, para quem busca diversão e Kamala para quem busca tranquilidade.

Diferentemente da agitação da capital de Bangkok ou da beleza das praias paradisíacas no Sul, Chiang Mai é cheio de traços históricos e tradicionais. É a maior e mais importante da região norte do país devido ao seu valor cultural, por isso é conhecida como “cidade-santuário”, onde nasceram as tradições budistas na Tailândia.  

Chiang Mai conserva o Templo da Montanha, é um templo localizado em uma montanha a mais de mil metros de altitude, ele é considerado o mais importante de Chiang Mai e, por isso, acaba sendo o mais visitado. Foi um templo planejado para contar sobre a história do budismo. O monumento banhado a ouro original é a área mais sagrada do recinto. Dentro do local há pagodas, estátuas, sinos, um museu e santuários. Além disso, por ficar no alto de uma colina, do templo ainda se tem uma vista privilegiada de toda a cidade.

 

Além de todos esses pontos turísticos, a Tailândia contempla de festivais anuais que são super característicos. O mais popular, por exemplo, é o Festival das Lanternas, chamado também de Festival Yee Peng, o festival se baseia em acender velas segurando balões de papel ao alto, o ar quente que se gera dentro do balão, os faz flutuar e depois subir. A liberação de lanterna do céu, em sua maior significância, homenageia a carga Buda. Certamente, é uma experiência única, ver milhares de balões subindo aos céus escuros na noite quente de Chiang Mai, realmente um cenário de filme.

Vale a pena pesquisar os meses mais interessantes para visitar este país deslumbrante.

Paraísos Nórdicos

Os encantos da Lapônia

A Lapônia, região no extremo norte da Finlândia, é uma área que faz divisa com Suécia, Noruega e Rússia e é banhada pelo Mar Báltico.

LEIA MAIS >>